Vacinação contra a COVID-19 para pessoas com comorbidades: como vai acontecer em Paraí

Vacinação contra a COVID-19 para pessoas com comorbidades: como vai acontecer em Paraí


Publicado em: 04/05/2021 16:01 | Fonte/Agência: Assessoria de Imprensa

Whatsapp

 

A próxima etapa de vacinação contra a COVID-19 busca imunizar as pessoas com comorbidades, com deficiência permanente, gestantes e puérperas, conforme as prioridades definidas pelo Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a COVID-19 (PNO).

 

Grupos para esta fase de vacinação:

- Pessoas com síndrome de Down, maiores de 18 anos (necessário atestado/laudo médico);

- Gestantes e puérperas, maiores de 18 anos (necessária prescrição médica);

- Pessoas com doença renal crônica, em terapia de substituição renal (hemodiálise ou diálise), maiores de 18 anos (necessário atestado/laudo médico);

- Pessoas com deficiência permanente, cadastrados no BPC – Benefício de Prestação Continuada de Assistência Social, com idade entre 40 e 59 anos (necessária a comprovação do BPC);

- Pessoas com comorbidades (conforme lista do Ministério da Saúde), com idade entre 40 e 59 anos (necessário laudo/atestado médico comprovando a doença).

 

Em Paraí a vacinação das pessoas com comorbidades será feita através de agendamento com a Unidade Básica de Saúde, pelos telefones 3477-2005 ou 3477-1275.

Para a vacinação é preciso apresentar o CPF, Carteirinha de Vacinação e também um laudo/atestado médico comprovando as comorbidades.

IMPORTANTE! O intervalo entre outras vacinas do calendário de vacinação e da vacina contra a COVID-19 deve ser de 14 dias.

 

Confira a lista e comorbidades incluídas nos grupos prioritários da vacinação contra a COVID-19 e suas descrições presente no plano Estadual de Vacinação contra a COVID19 do Rio Grande do Sul.

- Diabetes Mellitus (DM): Diagnóstico de Diabetes Mellitus;

- Pneumopatia crônica grave: DPOC, Fibrose cística, fibrose pulmonar, pneumoconioses, displasia broncopulmonar ou asma grave (uso recorrente de corticóide sistêmico ou hospitalização por asma);

- HAS resistente: HAS não controlada com uso de 3 ou mais anti-hipertensivos em doses máximas ou HAS controlada com o uso de 4 classes de anti-hipertensivos;

- HAS estágio 3: PA sistólica ≥180mmHg e/ou diastólica ≥110mmHg;

- HAS com lesão em órgão alvo: HAS com lesão em órgão alvo (coração, retina, rim, encéfalo, vasos);

- HAS associada a comorbidades: HAS em indivíduo com obesidade, cardiopatia hipertensiva (hipertrófica ou dilatada), apneia obstrutiva do sono, hiperlipidemia ou outra;

- Insuficiência cardíaca (IC): IC estágios B, C ou D;

- Cor pulmonale e Hipertensão pulmonar (HAP): Diagnóstico de cor pulmonale crônico e HAP primária ou secundária;

- Doença Arterial Coronariana (DAC): Diagnóstico de DAC sem ou com complicações (Ex: IAM);

- Valvulopatias cardíacas: Lesões valvares com repercussão hemodinâmica, miocárdica ou com sintomas;

- Prótese valvar: Portador de prótese valvar biológica ou mecânica;

- Miocardiopatias e Pericardiopatias: Miocardiopatia de qualquer etiologia, Pericardite crônica, Cardiopatia reumática;

- Doenças de Grandes vasos e fístulas arteriovenosas: Aneurismas, dissecções ou Hematomas de Aorta ou demais grandes vasos;

- Arritmias Cardíacas: Arritmia com relevância clínica (que exija tratamento) ou associada a cardiopatia;

- Cardiopatia Congênita no adulto: Cardiopatia congênita associada a: repercussão hemodinâmica, hipoxemia, IC, arritmia ou comprometimento miocárdico;

- Doença Cerebrovascular: AVE ou AIT prévio, Demência vascular;

- Doença Renal Crônica (DRC): DRC estágio 3 ou 4 (TGF<60ml> <60ml/min/1,73m2) e/ou Sínd. Nefrótica;

<60ml>

- Imunossupressão: Transplantados em uso de imunossupressor, pessoas vivendo com HIV, imunodeficiências primárias, necessidade de uso crônico de corticoide em dose de Prednisona >10mg/dia (ou equivalente), pulsoterapia com corticoide ou ciclofosfamida;

- Câncer: Pacientes oncológicos com tratamento quimio ou radioterápicos atual ou nos últimos 6 meses ou portadores de neoplasias hematológicas;

- Anemia falciforme: Diagnóstico de anemia falciforme;

- Obesidade grau 3: Indica de Massa Corporal ≥40kg/m2;

- Cirrose Hepática: Diagnóstico de cirrose hepática em qualquer estágio;

- Síndrome de Down: Trissomia do cromossomo 21;

- Gestação ou Puerpério: Gestantes e mulheres em período de até 45 dias após o parto, a partir dos 18 anos. 


Leia também

Desenvolvimento Econômico, Social e Desporto

Reunião microrregional da Consulta Popular acontece em Paraí

02/09/2021 15:43

Desenvolvimento Econômico, Social e Desporto

A partir de setembro Departamento de Engenharia recebe apenas processos digitais

31/08/2021 10:41

Administração Municipal

Prefeito participa do I Fórum dos prefeitos da AMESNE

23/08/2021 10:57