Município de Paraí atua no combate a falta de água

Município de Paraí atua no combate a falta de água


Publicado em: 27/02/2020 11:17 | Fonte/Agência: Assessoria de Imprensa

Whatsapp

 

Desde o final de 2019, quando teve início a estiagem no Estado, o Município de Paraí passou a fazer a entrega de água em propriedades rurais e empresas. Neste período, mais de 10 propriedades rurais foram atendidas, e cinco indústrias também estão recebendo água. As entregas feitas semanalmente, inclusive aos finais de semana, buscam proporcionar a dessedentação animal em propriedades rurais que trabalham com a criação de gado, porcos ou aves, além de manter as atividades das empresas, impedindo que tenham que paralisar o trabalho em virtude da falta de água.

No dia 13 de janeiro, o Município de Paraí chegou a decretar situação de emergência em virtude da estiagem. O decreto nº 002/2020 leva em conta pareceres de entidades como a Emater, Centro de Referência em Assistência Social – CRAS e a Secretaria Municipal de Obras. Conforme o documento, a Administração Municipal de Paraí optou pela declaração de situação de emergência por levar em conta que o município é essencialmente agrícola. Segundo o decreto, são em torno de 5.5000 hectares cultivados em Paraí, sendo destes mais de 3 mil destinados ao cultivo do milho, mais de mil destinados à soja e, os restantes destinados à culturas diversas.

A Emater prevê um prejuízo agrícola em Paraí de mais de 15 milhões, que deve atingir também o setor agropecuário e leiteiro, além de impactar diretamente a economia local. Como as propriedades de Paraí são de agricultura familiar e de subsistência, os danos são maiores, incluindo o fato que já ocorre a escassez de água em fontes naturais e açudes, o que prejudica diretamente o consumo humano e animal. Para apoiar o agricultor, além do transporte de água, o Município tem auxiliado na construção de redes de água.

No momento, o decreto de emergência feito pelo Município de Paraí aguarda a aprovação junto ao Governo do Estado. Segundo o prefeito, Gilberto Zanotto, é essencial a confirmação da situação de emergência pelo Estado. "Aguardamos para que o Estado avalie e reconheça a nossa situação de emergência por conta da seca que atinge Paraí desde o final do último ano. Temos trabalhado intensamente para auxiliar o agricultor e também o empresário que está sendo prejudicado pela falta de água, que já ocorre em nosso município. Com esta situação, toda a economia local será prejudicada, são gastos maiores e perdas muito grandes na lavoura. Todo mundo acaba perdendo", afirma o prefeito.


Leia também

Administração Municipal

Paraí decreta situação de emergência por conta da estiagem

24/01/2022 17:14

Administração Municipal

Paraí lança o aplicativo Cidades Digitais

30/12/2021 18:00

Agricultura e Meio Ambiente

Primeira produção comercial de maçã é colhida em Paraí

28/12/2021 16:00

Administração Municipal

CTG Rodeio da Amizade realiza o maior Rodeio de Paraí

14/12/2021 10:00

Desenvolvimento Econômico, Social e Desporto

Palmeirinha vence o Campeonato Municipal de Futebol de Campo

13/12/2021 10:00